Miranda-Mortágua fecha plantel com mais 4 contratações

A equipa da Miranda-Mortágua tem já os 10 ciclistas com que vai partir para a estrada em 2019. Depois de terem sido anunciados, e também termos noticiado aqui, as primeiras seis caras da equipa, a formação de Pedro Silva desvendou os últimos 4 elementos, sendo 2 portugueses e 2 espanhóis.

Comecemos pelos “vizinhos” espanhóis. Cristian Mota foi o primeiro a ser anunciado, ele que tem 22 anos e chega da Aldro Team, uma das melhores equipas espanhola, onde estava ao comando de Manolo Sainz. Vencedor da Vuelta a Castelló, conseguindo mais uma série de top 10 em provas por etapas de montanha, como a Vuelta a León, correu também em Portugal, tendo sido 8º na Volta a Portugal do Futuro. Muito combativo e bom trepador, Cristian Mota é mais um talento para Pedro Silva lapidar.

Outro jovem talento é Sergio Vega. Depois de ter estado, em 2017, na Unieuro Trevigiani - Hemus 1896, onde foi companheiro de João Almeida, o espanhol de 22 anos regressou a Espanha, para correr na Super Froiz, outra das grandes equipas do país vizinho. Vega é um corredor muito completo, que alia a sua capacidade de passar a montanha a uma ponta final razoável em grupos restritos. Vencedor da Volta a Galiza e da Volta a Corunha, Sergio Vega é o atual campeão espanhol, tendo sido 9º entre os elites, um resultado muito bom para o jovem ciclista. A sua regularidade valeu-lhe o 3º posto na Taça de Espanha.

Os ciclistas portugueses que assinaram pela formação de Mortágua são 2 regressos. Primeiramente vamos falar de Daniel Freitas, corredor de 27 anos, que fez as últimas 3 temporadas na W52/FC Porto depois de um grande ano na Anicolor, atual estrutura da Miranda-Mortágua. Daniel Freitas sempre se destacou como um bom finalizador, principalmente em provas que tenham alguma montanha. Raramente ganha mas está sempre entre os primeiros lugares. Será o principal sprinter da equipa para 2019.

Por fim, Hugo Sancho é um regresso a casa. Natural de Mortágua, aos 36 anos regressa à equipa que o formou depois de 2 temporadas no Benfica, 7 na LA Alumínios e 1 na Vito-Feirense-Blackjack. Um dos ciclistas mais veteranos do pelotão nacional tem 2 vitórias no GP Mortágua como principal destaque da carreira. Por muitas vezes já fez a Volta a Portugal, conta com vários top 15 na geral da Grandíssima. Bom trepador, poderá ter a liderança em algumas da provas mas será também um mentor para os ciclistas mais jovens da equipa.


Posts Recentes

    Segue-nos

    • Twitter Social Icon
    • Facebook Long Shadow

    © 2023 por ESPORTES EM FOCO. Orgulhosamente criado com Wix.com

    This site was designed with the
    .com
    website builder. Create your website today.
    Start Now