Os últimos ajustes nos plantéis World Tour


Após duas temporadas para esquecer, onde conseguiu apenas duas vitórias, uma em cada temporada, Mark Cavendish viu a Team Dimension Data dar-lhe um voto de confiança, renovando o contrato por mais uma temporada. O britânico viu ser-lhe diagnosticado o Epstein-Barr vírus, não rendendo ao nível desejado. Já com 30 vitórias no Tour, o “Míssil da Ilha de Manx” procura bater o recorde de vitória de Eddy Merckx (34), que está cada vez mais longe. Com 33 anos, Cavendish terá aqui uma última oportunidade para conseguir estar na luta com os grandes nomes do sprint. A juntar a esta renovação, os seus fiéis escudeiros Bernhard Eisel e Mark Renshaw também viram o seu vínculo ser renovado.

A UAE Team Emirates continua a muito ativa no mercado e no dia de hoje anunciou Jasper Philipsen, jovem ciclista belga que estava na Hagens Berman Axeon, onde era companheiro de Rui e Ivo Oliveira, sendo que vai continuar a ser companheiros dos portugueses. Aos 20 anos, Philipsen chega ao World Tour, ele que é um bom sprinter que também passa bem a média montanha. Vencedor do Paris-Tour sub-23 no ano passado, este ano, sob o comando de Axel Merckx, ganhou a geral e duas etapas do Le Triptyque des Monts et Chateaux, foi 4º no Paris-Roubaix sub-23, ganhou uma etapa no Giro sub-23, uma clássica na Noruega, uma etapa no Tour of Utah (vitória mais importante da carreira) e no final de temporada fez 4 top 10 em clássicas belgas e francesas. Sprinter de muita qualidade mas a estratégia da equipa árabe não se percebe já que para além de Philipsen, contratou Fernando Gaviria, Juan Sebastian Molano e ainda tem Simonne Consonni e Alexander Kristoff. Talvez demasiados sprinters dentro da mesma equipa.

Com o fim da Aqua Blue Sport ficou-se a pensar sobre o futuro dos seus ciclistas. Esta semana, mais um corredor teve o seu futuro resolvido, com Stefan Denifl a chegar ao World Tour, assinando por uma temporada com a CCC Team. Esta não foi uma temporada particularmente feliz para o austríaco de 31 anos, mas 2017 mostrou toda a sua qualidade, ganhando a Volta a Áustria e uma etapa na Vuelta. Trepador muito competente, que também já conta com alguns top 10 em provas por etapas. Numa equipa sem um líder definido, Denifl poderá ter muitas oportunidades para procurar vitórias em etapa.

Por fim, dar conta que a Bahrain-Merida renovou com os 4 eslovenos (Matej Mohoric, Domen Novak, Luka Pibernik e Kristijan Koren) e com o italiano Valerio Agnoli (escudeiro de Vincenzo Nibali), a Mitchelton-Scott renovou com os experientes Luka Mezgec e Sam Bewley, a Movistar vai continuar com Hector Carretero, Antonio Pedrero, Rafael Valls e Carlos Barbero, ciclistas de destaque principalmente nas provas espanholas, Peter Stetina continuará na Trek-Segafredo e Petr Vakoc recebeu um voto de confiança de Patrick Lefevere, continuando na Quick-Step, depois de um ano sem correr devido a um acidente.


Posts Recentes

    Segue-nos

    • Twitter Social Icon
    • Facebook Long Shadow

    © 2023 por ESPORTES EM FOCO. Orgulhosamente criado com Wix.com

    This site was designed with the
    .com
    website builder. Create your website today.
    Start Now